DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E SAÚDE: REALIDADE OU UTOPIA

3 minutos para ler

Desenvolvimento Sustentável e Saúde:

realidade ou utopia

Ainda hoje é possível ouvirmos alguns cidadãos discursando que a sustentabilidade é uma armadilha, na qual “investimos” imensas quantias de dinheiro, sem realmente obter qualquer benefício. Para essas pessoas o cuidado com o planeta nada tem a ver com a nossa saúde, pensam que o meio ambiente se restringe somente a florestas e rios. Porém esses mesmos Homo Sapiens esquecem que estamos todos no mesmo globo e, até agora, não temos como fugir dele para colonizar outros mundos.

Esse paradigma tem que ser extirpado, pois sabemos que as nossas ações geram consequências que serão refletidas em diferentes aspectos das nossas vidas. Um exemplo simples é o ato de jogar um papel no chão, o que pode parecer uma ação banal, mas se feito por algumas dezenas de pessoas pode obstruir o sistema de esgoto, causando enchentes e aumentando os casos de leptospirose ou de outras doenças.

As pandemias que surgem, como a gripe aviária e mais atualmente o tão alarmante coronavírus, se beneficiam do nosso modelo produtivo, uma vez que conseguem se propagar melhor em ambientes poluídos. Nesses locais o nosso sistema imunológico já está debilitado, lutando contra a quantidade excessiva de gás carbônico proveniente da queima de combustíveis fósseis, além vírus, bactérias e fungos que nos infectam e têm em nosso lixo ótimos locais para reproduzir.

Os três pilares da sustentabilidade (social, econômico e ambiental) foram determinados para auxiliarem o desenvolvimento da sociedade de maneira consciente, garantindo assim que as futuras gerações tenham qualidade de vida, e não que olhem para o passado e vejam como nós destruímos tudo em nome de um modelo de consumo desenfreado e que não pensa nos recursos naturais que um dia irão acabar.

Conhecer e entender o meio ambiente é o caminho para mudança uma vez que uma pessoa que sabe que suas ações, mesmo que locais, tem o poder de mudar o seu entorno se torna disseminadora de práticas sustentáveis e ajuda a sociedade como um todo. Atitudes como separar e reciclar os resíduos, deixar de usar sacolas e canudos plásticos podem parecer banais, mas refletem positivamente na nossa saúde, trazendo ganhos imediatos para todos.

Uma vez escolhido esse caminho, cada elemento dessa mudança deve estar ciente de que o trajeto nem sempre será fácil, mas que as conquistas além de gratificantes, servirão como um incentivo para a sociedade se tornar cada vez melhor e permitirão que no futuro as crianças possam sair na rua sem medo de ficarem doentes pelo simples ato de respirar.

Convidamos você, através deste texto escrito por nosso professor Gustavo Francisco Aver, do curso Técnico em Meio Ambiente, a (re)pensar sobre os assuntos descritos acima, bem como também o convidamos para que saiba mais sobre a nossa escola.

Preparamos mais um conteúdo especial que pode interessar: Você sabe o que faz um Técnico em Meio Ambiente? Clica no link e confira! Nosso blog está repleto de informações e artigos imperdíveis.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Você também pode gostar
-