A importância de um curso profissionalizante se deve, entre outros fatores, aos efeitos positivos que ele pode trazer para a carreira. Afinal, seus métodos e conteúdos são desenvolvidos especificamente de acordo com o perfil profissional e o mercado no qual estão inseridos os alunos. 

Pensando nisso, elaboramos este post. Ao longo do texto, você encontrará os principais benefícios gerados por esse tipo de experiência com os estudos. Leia até o final para saber mais a respeito desse tema!

Quais são as vantagens e a importância de um curso profissionalizante?

Diversifica as habilidades

Determinadas graduações acabam formando pessoas extremamente especialistas. Em alguns campos de atuação, um preparo nesses moldes é muito bem-vindo. Em outros, porém, o mercado de trabalho exige profissionais com habilidades diversificadas, versáteis e capazes de se adaptar a diferentes situações. 

Uma formação profissionalizante colabora para que os estudantes adquiram várias competências aplicáveis em um ramo de atuação. Assim, eles se tornam aptos a desempenhar mais de uma função, ampliando suas possibilidades de carreira. 

Além disso, ele ajuda no desenvolvimento de habilidades práticas, que dificilmente são obtidas em uma sala de aula tradicional, formando assim um profissional especializado em resolver problemas e encontrar soluções com agilidade.

Melhora o currículo

Cursos profissionalizantes chamam a atenção dos recrutadores, porque representam um conjunto de capacidades que muitas vezes é exatamente o que uma vaga necessita. Não por acaso, inúmeras formações dessa categoria são estruturadas com conteúdos técnicos e práticos pensando em cargos e posições recorrentes no mercado.

Outro ponto positivo é o fato de servirem como comprovação de atividades extracurriculares para as pessoas que também fazem faculdade. Dependendo do edital, aliás, eles também podem somar pontos em provas de títulos para concursos públicos.

A importância que têm no início de carreira também é um aspecto relevante, já que funcionam como um verdadeiro diferencial. Para quem já tem um pouco mais de experiência, atestam dedicação à atividade e atualização profissional — dois fatores que pesam muito no momento da contratação.

Recicla o conhecimento

Pessoas que já se formaram ou ainda estão se formando em um curso superior correm o risco de terem seus conhecimentos engessados, ou seja, pouco atualizados em relação a uma habilitação profissional. Desse modo, uma capacitação também cumpre o importante papel da reciclagem, fazendo com que o estudante retorne mais preparado para as exigências do mercado.

A possibilidade de aprender novos conceitos, inclusive, é uma boa forma de reciclar os antigos. Isso porque um outro campo de estudo pode contribuir no modo como se utiliza as capacidades aprendidas anteriormente. 

Sendo assim, pode-se dizer que a aprendizagem voltada à profissão se une às outras qualidades teóricas, ajudando a atualizá-las e fazendo com que se tornem mais atrativas em relação ao ofício a ser praticado no cotidiano. 

Melhora as perspectivas de carreira

É bastante comum encontrar jovens que saem do ensino médio sem uma perspectiva ou uma possibilidade clara de profissionalização. Infelizmente, isso também acontece com quem se graduou ou está prestes a se graduar. Com o diploma em mãos, algumas pessoas ainda se sentem despreparadas em relação ao exercício de uma profissão e, mais do que isso, sem um planejamento ou uma ideia de continuidade.

Além de melhorar o currículo com habilidades diversificadas e aplicáveis, os cursos profissionalizantes exercem a função de guiar muitos profissionais em novas possibilidades de carreira

De acordo com dados publicados pela revista Exame no final de 2017, a procura por essa modalidade de formação só aumentou nos últimos anos: “Segundo o Ministério da Educação, esse número já vinha crescendo quase 70%, de 2009 até 2014.”.

Nos últimos anos, por conta dos índices de desemprego e pela recessão econômica enfrentada no país, essa tendência se confirmou e a busca continua crescendo. A possibilidade de se consolidar uma carreira é um dos motivos mais relevantes para que isso aconteça. A necessidade de fazer pouco investimento e a curta duração — aspectos geralmente atrelados a esses cursos — também devem ser destacados.

Qualifica a formação por um baixo custo 

Cursos superiores, pós-graduações e outras especializações quase sempre praticam altas mensalidades. O curso profissionalizante, por sua vez, costuma oferecer uma ótima relação entre custo e benefício, devido às vantagens mencionadas ao longo deste artigo.

Essa característica é importante principalmente para quem ainda não alcançou a colocação desejada, tendo em vista que se torna mais difícil investir na formação nessa condição.

Ensina muito em pouco tempo

Como destacado no tópico anterior, as pessoas que passam por um período de estagnação na carreira necessitam de soluções acessíveis. Além do mais, é interessante que esse cenário seja alterado rapidamente. 

Um curso de desenvolvimento profissional tem, na maioria das vezes, curta duração, podendo durar poucos meses. Isso é ótimo não só para melhorar o currículo, mas também para aproximar o profissional de outras oportunidades, capacitando-o para o exercício de uma função. 

Como o curso profissionalizante pode melhorar a carreira?

De maneira geral, os cursos profissionalizantes qualificam os alunos por meio de capacidades práticas, que podem ser aplicadas no dia a dia de uma profissão. Com isso, a tendência é que uma carreira seja desenvolvida a partir dessas habilidades.

A própria estrutura de uma capacitação profissional é totalmente pensada para oferecer o instrumental necessário para que o aluno saia dela apto a ocupar um cargo em uma empresa, seja pública, seja privada.

É válido ressaltar que isso se dá em um tempo relativamente curto e não requer um investimento alto. Dessa forma, é possível encontrar espaço na busca pelas melhores oportunidades e aprender de acordo com aquilo que o mercado exige. 

Também é fundamental levar a qualidade da instituição de ensino em consideração antes de fazer uma escolha nesse sentido. Uma escola reconhecida, com experiência e bons professores certamente é mais indicada para se ingressar e iniciar os estudos.

Enfim, a importância de um curso profissionalizante é preparar o aluno para lidar com o mercado de trabalho na prática, oferecendo a ele uma opção profissional tangível e com possibilidades para o futuro.

Se você quer entender melhor como esses cursos funcionam, entre em contato conosco — nós podemos ajudar!

 

Autor

Escreva um comentário