O seu futuro profissional está prestes a mudar… Saiba por que e qual a relação com a IoT!

3 minutos para ler

Um fenômeno atual, mas que continua a se desenvolver e está desenhando nosso futuro de uma maneira completamente inédita é a revolução tecnológica com a Internet das Coisas (Internet of Things – IoT). De acordo com o Wikipédia, este termo foi criado em setembro de 1999 pelo britânico Kevin Ashton e se refere à interconexão digital de objetos do nosso cotidiano com a internet. Em outras palavras, a Internet das Coisas é uma rede de objetos físicos (veículos, eletrodomésticos e outros produtos dotados de tecnologia embarcada, sensores e conexão com a rede) capaz de reunir e de transmitir dados. 

A “tecnologia vestível”, que se refere a uma nova abordagem de computação, como relógios inteligentes, acessórios com sensores, e fones de ouvido para monitoramento de exercícios físicos, são clássicos exemplos de dispositivos conectados que integram a Internet das Coisas. De acordo com o material publicado no site https://www.proof.com.br e em artigos no seu blog é possível desenvolver sistemas de coleta, de transporte, de controle de resíduos, de energia e até de diligência das leis que sejam movidos a dados para torná-los mais eficientes e melhorar a qualidade de vida nas cidades. Podemos interagir e coletar informações desses sistemas inteligentes utilizando nossos smartphones, relógios e outros “dispositivos vestíveis”. E mais do que isso, os sistemas se comunicam uns com os outros.

Coisas habituais se tornam inteligentes e têm suas funções amplificadas por cruzamento de dados. É o que acontece quando um assistente virtual cruza dados dos seus dispositivos conectados para te informar, mesmo que você não tenha solicitado, qual o tempo que você levará para chegar ao trabalho quando você embarca no seu carro para sair de casa.

A verdade é que a Internet das Coisas traz várias oportunidades e conexões, muitas das quais ainda não conseguimos imaginar nem entender completamente suas consequências nos dias de hoje.

Powered by Rock Convert

O desafio é conduzir a transformação digital ao mesmo tempo que se dá atenção contínua a aspectos que ocupam um papel igualmente importante no dia a dia da gestão, como metas de faturamento, rentabilidade, produtividade, e ampliação do mercado. Para Denis Balaguer, diretor de inovação da EY (uma das maiores empresas de serviços profissionais do mundo) “conciliar esses dois universos, o da inovação e o da administração tradicional, não será uma tarefa simples” (EXAME, 2019).

Suas oportunidades são imensuráveis e a Internet das Coisas está transformando nossa ligação com a tecnologia, alterando o modo como interagimos com o mundo e, principalmente, o modo como o mundo interage conosco. A gestão de negócios será igualmente afetada pela noção de Internet das Coisas. John McDonald, CEO da Clear Object, diz que “dados são agora os grandes criadores e destruidores de valor de negócio.” (EXAME, 2019).

É uma concepção capaz de mudar não só como nós vivemos, mas também como trabalhamos. Você consegue imaginar como a Internet das Coisas pode te auxiliar profissionalmente? Vem pra ESP!!! Nossos cursos aliam as teorias tradicionais com este conceito contemporâneo. Com isso, podemos gerar novos insights, novas atividades e, claro, fomentar ainda mais conhecimento.

Fontes www.proof.com.br, wikipédia e revista Exame dez/2019

Você também pode gostar
-