Técnico em finanças: o que você precisa saber sobre o curso?

4 minutos para ler

O curso técnico em finanças é uma excelente forma de enriquecer o currículo, seja você uma pessoa com experiência ou alguém que está entrando no mercado de trabalho agora. Além de ser uma ótima forma de adquirir conhecimento, ele pode garantir aquela promoção que você está buscando.

Porém, antes de se matricular em um curso, é importante conhecê-lo bem e saber as oportunidades que você pode ter após a sua conclusão. Isso pode ajudar a tomar uma boa decisão em relação a sua formação acadêmica.

Pensando nisso, reunimos abaixo algumas informações sobre o curso técnico em finanças. Quer saber mais? Confira!

O que faz um técnico em finanças?

O técnico em finanças atua no registro e publicação de dados financeiros da empresa em que trabalha. Ele deve garantir a integridade dessas informações, respeitando leis e padrões éticos. Dessa forma, o técnico deve ter conhecimento sobre o funcionamento financeiro, valores e missão daquela organização.

Algumas das atribuições desse profissional é: organizar o fluxo de caixa e ordens de pagamento, fazer análise de crédito, orçamento e negociação bancária. Para fazer esse curso é necessário estar cursando ou ter finalizado o ensino médio.

Qual é o público-alvo?

Os cursos técnicos, geralmente, atraem jovens que estão buscando uma inserção rápida no mercado de trabalho. Como o único pré-requisito para fazer o curso é ter o diploma de ensino médio, essa formação é a escolha de muitas pessoas antes de fazer um curso mais extenso, como a graduação.

Powered by Rock Convert

No entanto, profissionais que já trabalham no setor financeiro também podem se beneficiar com esses cursos. Pois, é uma oportunidade de se atualizar sobre novas habilidades requeridas pelo mercado de trabalho, como técnicas de venda e marketing.

Quanto ganha um técnico em finanças?

O salário vai variar de acordo com o nível de experiência e com a região do país que você vai atuar. A remuneração inicial pode ser maior que R$ 2 mil, já para os cargos mais altos, que exigem mais conhecimento e tempo de carreira, a remuneração pode ser superior a R$ 4 mil.

Qual o tempo de duração e a grade curricular?

O curso é composto por diversas disciplinas que somadas têm carga horária igual a 820 horas. Elas podem ser cursadas ao longo de 2 anos e, ao final do curso, geralmente, o aluno realiza um estágio na área.

Ao término do curso, o aluno será capaz de fazer identificação e análise de problemas na área financeira. Além de habilidades para identificar oportunidades de melhoria do negócio, focando na empresa e nos clientes.

Algumas das disciplinas que fazem parte da grade curricular são:

  • administração financeira;
  • contabilidade;
  • estatística;
  • gestão financeira;
  • introdução à administração de empresas;
  • legislação tributária;
  • planejamento empresarial;
  • projeto prático;
  • fundamentos em marketing;
  • responsabilidade social;
  • informática;
  • análise e acompanhamento de projetos;
  • sistemas de gestão.

Agora que você já sabe o que um técnico em finanças faz, procure uma boa instituição de ensino e comece seu curso! Busque escolas que unam os conhecimentos teóricos e práticos, assim você vai sair preparado para o mercado de trabalho.

Gostou do nosso conteúdo? Que tal compartilhar o post nas suas redes sociais? Assim você ajuda outras pessoas que estão em dúvida sobre qual rumo tomar em suas carreiras.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-