Curso online de Bloco K: vale a pena fazer?

6 minutos para ler

O bloco K é uma funcionalidade implementada pelo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), como uma forma de substituir a necessidade de emissão do Livro de Controle da Produção e do Estoque.

Assim, troca-se o sistema manual por um digital, muito mais eficiente e rápido. Com essa medida, espera-se que se reduzam os erros de escrituração de dados essenciais para a conformidade fiscal. Portanto, um curso online de Bloco K pode ser justamente o que você precisa pra se atualizar com o que há de mais importante sobre o assunto!

Quer conhecer mais informações sobre o assunto e a importância da capacitação? Então, acompanhe!

O que é o Bloco K?

O Governo vem implementando a obrigatoriedade de entrega do Bloco K desde 2016, que, inicialmente, abrangeu as atividades industriais e equiparadas com faturamento acima de 300 milhões de reais. Neste ano de 2019, as indústrias de todos os portes dos registro K200 e K280 terão de entregar seus dados fiscais por meio do bloco K. Já as optantes pelo Simples Nacional, ficaram de fora de todos os prazos para a obrigatoriedade.

São várias as informações que devem constar no relatório do Bloco K:

  • quantidade de produção internamente e por terceiros;
  • quantidade de materiais consumidos internamente e na produção de seus produtos por  terceiros;
  • materiais de propriedade da empresa em posse próprio ou de terceiros;
  • materiais de propriedade de terceiros em possa por sua empresa;
  • movimentações internas de estoque as quais não estão relacionadas à produção;
  • listagem de todos os materiais de todos os produtos, sejam eles fabricados internamento sejam por terceiros.

No entanto, algumas informações não precisam constar, mas muitos gerentes acabam incluindo desnecessariamente. Por exemplo, os materiais de uso e consumo da empresa, isto é, aqueles que não são utilizados para a produção, mas para a manutenção da infraestrutura desde a limpeza até a manutenção de equipamentos.

Portanto, são várias regras que devem ser gravadas, o que demanda um profissional bem capacitado para fazer os lançamentos do Bloco K.

Como ele funciona?

O Bloco K está dentro de sistema fornecido pelo Governo para a estruturação fiscal (SPED) e funciona de uma forma muito parecida com outros softwares de gestão das empresas, como os ERPs.

Normas regulamentadoras

As normas regulamentadores estabelecem os principais registros que devem constar no  Bloco. Para organizar os dados, foram inseridos vários módulos de registro, como:

  • registro 0200:  refere-se à identificação dos produtos e dos insumos com o seu respectivo status (não acabados, para venda e subprodutos);
  • registro 0210: é necessário para todas as industrias é uma lista dos insumos padrões para as operações de industrialização;
  • registro K100: é a abertura do bloco K e mostra o período de apuração do ICMS e do IPI;
  • registro K200: também chamado de estoque estruturado, apresenta o saldo final das mercadorias e dos insumos (incluindo também os subprodutos) do período apurado;
  • registro K220: serve para o registro de todas as movimentações internas de estoque nas empresas que não se enquadram nos registros K230 e K235;
  • registro K530: resume os dois principais saldos finais de produção, isto é, a quantidade de produtos em processo de industrialização e a quantidade de produtos acabados em estoque ou em trânsito;
  • registro K235: deve-se realizar aqui a listagem de todos os insumos empregados na produção durante um determinado período de  apuração;
  • registro K250: é o registro daqueles produtos e subprodutos que são encomendados a terceiro;
  • registro K255: é o módulo para insumos dos produtos industrializados por encomenda;
  • registro K990: é o resumo das informações para a saída do sistema e demonstra o encerramento do mês de referência e oferece uma visualização de todas as linhas de registro do bloco.

A importância da adequação

A adequação é importantíssima para evitar as várias penalidades devido à inconformidade com a regulamentação:

Ausência de informações

Se a Receita Federal, em alguma auditoria, identificar que sua empresa deixou de prestar algum dado que deveria ter sido inserido no Bloco K, poderá aplicar uma multa de até 100% do valor que tiver deixado de ser arrecadado. Além disso, caso haja dolo, pode haver a autuação por sonegação e crime fiscal.

Incoerência nas informações

Se houver uma informação sobre as movimentações  de insumos ou produtos incorreta ou divergente da realidade, uma multa de ate 3% pode ser aplicada. Ela incidirá sobre o valor das transações comerciais, podendo a Receita Estadual aplicar outras penalidades.

Atrasos na entrega

O Fisco tem prazos muito rígidos para a entrega de informações fiscais. No caso do Bloco K, é possível que a multa chegue a 1% do valor de todo o estoque, mais um valor fixo de R$ 1.500.

Por isso, para evitar qualquer prejuízo para a empresa, o gerente deve ficar sempre de olho nas regras para evitar multas.

Quais as vantagens de fazer um curso online de bloco K?

Como você deve ter percebido, são várias as regras para o registro no Bloco. Além disso, como qualquer sistema digital, ele demanda um treinamento para que o usuário consiga localizar cada módulo; saiba como inserir, apagar e recuperar dados; conheça as funcionalidades que tornam o manuseio mais simples e ágil.

Por essa razão, um curso sobre o Bloco K é essencial para quem quer seguir carreiras de gestão de produção e de estoques industriais. A Receita Federal é bastante exigente e qualquer problema, mesmo que sem má-fé, pode representar um prejuízo muito grande para a empresa.

O conhecimento técnico, portanto, é essencial. Você deverá saber tudo sobre a legislação a respeito do assunto: seus prazos, suas exigências e seus instrumentos de penalidade. Os cursos da São Pelegrino são oferecidos pelos melhores profissionais do mercado, que têm tanto o domínio da teoria e da prática da gestão fiscal.

Além disso, se você quiser ficar mais informado sobre o assunto, temos o nosso blog, que é muito completo em relação a todas as novidades sobre as mais diversas áreas da gestão, como finanças e contabilidade. Hoje em dia, o mercado está cada vez mais exigente e demanda profissionais antenados nas atualizações e que sejam muito especializados nas funções. Assim, um curso online de Block K pode ser essencial.

Você não deseja perder um post do nosso blog? Então, não deixe de assinar nossa newsletter!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-